Japão diz que a economia continua em recuperação gradual

Oportunidade

Governo japonês manteve avaliação otimista sobre a economia e destacou melhora no consumo doméstico.

O Governo do Japão deixou inalterada sua avaliação otimista sobre a economia, afirmando que ela permanece em um caminho de recuperação gradual”, de acordo com o relatório mensal relativo ao mês de junho e divulgado nesta terça-feira (19) pelo Escritório do Gabinete Japonês.

“A economia do Japão está se recuperando gradualmente”, disse o Escritório do Gabinete no relatório, mostrando que as autoridades continuam confiantes em uma recuperação moderada após contração no primeiro trimestre.

Também não houve mudança em sua avaliação de que os gastos do consumidor estão “se recuperando” e sua visão de que os gastos de capital estão se expandindo gradualmente.

Nos últimos meses, os consumidores começaram a gastar com eletrodomésticos e restaurantes, enquanto os dados mostraram que os principais indicadores de investimento empresarial estão subindo.

A terceira maior economia do mundo encolheu 0,6% no primeiro trimestre em dado anualizado, em parte devido ao fraco consumo privado e encerrando a melhor fase de crescimento desde a bolha econômica dos anos 1980.

Muitos economistas dizem que a contração será temporária, mas há dúvidas sobre a força com que a economia irá se recuperar devido à crescente ameaça de protecionismo comercial.

Saiba mais
» Guerra comercial entre EUA e China preocupa siderúrgicas do Japão
» PIB revisado do Japão confirma primeira queda desde 2015

O presidente dos EUA, Donald Trump, está avançando com imposição de taxas sobre US$ 50 bilhões em importações chinesas, e o Ministério do Comércio da China disse que responderá com tarifas “da mesma escala e força”, provocando temores de uma guerra comercial plena.

Trump impôs tarifas sobre as importações de aço e alumínio, que afetam as empresas japonesas, e também criticou o Japão por seu baixo nível de importações de veículos norte-americanos.

Com informação da Reuters Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *